Os pais dos alunos de uma escola básica em Tóquio, situada no distrito de Ginza, uma área conhecida pelas lojas de marcas de luxo, foram surpreendidos pelo plano da direção para adotar uniformes desenhados pela marca italiana Giorgio Armani, cuja sede japonesa fica a 200 metros da instituição de ensino.

A escola básica de Taimei vai introduzir os uniformes quando começar o novo ano letivo, em abril. Cada um custa mais de 80 mil ienes (cerca de 600 euros), o triplo do preço dos atuais, de acordo com a edição japonesa do Huffington Post, citada pela Reuters

"Fiquei surpreendida e perguntei-me porque teriam escolhido uniformes de uma marca de luxo para uma escola básica", disse ao Huffington Post uma mãe que preferiu não ser identificada. "Preocupa-me que as crianças fiquem com a noção errada de que o que é caro é bom e que algo mais barato é mau", explicou a progenitora.

Numa carta endereçada aos pais com data de novembro, o diretor do estabelecimento de ensino, Toshitsugu Wada, defendeu que a escola de Taimei é um marco em Ginza e que a decisão de adotar uniformes Armani tem como objetivo criar um ambiente adequado numa escola como aquela.

Os responsáveis da escola não quiseram fazer comentários, escreve a Reuters, mas Wada divulgou uma nota no site oficial da escola, prometendo mais explicações sobre os futuros uniformes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.