Presença regular na Holanda, onde já viveu e gravou, Cristina Branco começa a digressão na quinta-feira em Amstelveen e termina-a a 03 de maio em Utrecht. O concerto no dia 20 em Roterdão já está esgotado.

Cristina Branco tem atuado a divulgar o álbum “Menina”, editado em setembro passado e que lhe valeu o prémio de melhor álbum pela Sociedade Portuguesa de Autores.

O álbum inclui temas como “E às vezes dou por mim”, escrito por André Henriques (Linda Martini) e Filho da Mãe, “Quando julgas que me amas”, de António Lobo Antunes e Mário Laginha, e “Ai esta pena de mim”, de Amália Rodrigues e José António Sabrosa.

Cristina Branco começou a cantar em finais da década de 1990 e foi nessa altura que fez a primeira deslocação à Holanda, a convite do Círculo de Cultura Portuguesa no país.

Desta experiência editou o álbum “Cristina Branco in Holland”. Foi ainda na Holanda que a autora gravou “Cristina Branco canta Slauerhoff”, com poemas de J.J. Slauerhoff.

Em 2003 com o álbum “Sensus”, dedicado à poesia erótica, Cristina Branco recebeu o Prémio Dick Bleyerveld da Câmara de Comércio Portugal-Holanda.

Depois da digressão na Holanda, Cristina Branco tem concertos em maio em Ponte de Lima e em julho no Festival Músicas do Mundo de Sines.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.