Rafael Bouça está a competir pela segunda vez nas categorias de 'men's physique júnior' no Troféu Carlos Rebolo - realizado no âmbito do PortugalFit - e contou à agência Lusa que se iniciou nestas andanças por influência dos amigos.

"Já treinava [no ginásio] há uns quatro anos, mas sempre tive bom aspeto e disseram-me para ir competir que iria ter bons resultados", confidenciou o jovem natural de Vila Nova de Cerveira (distrito de Viana do Castelo).

Desde que começou, há um ano, adotou como princípios a "responsabilidade, força de vontade e disciplina".

Isso implica regras rígidas, nomeadamente na alimentação, já que com o aproximar das provas "comem-se cada vez menos hidratos de carbono".

"Só se come peito de frango, peito de frango, peito de frango", precisou Rafael Bouça, acrescentando que nas seis refeições que faz por dia também acaba por incluir bolachas de arroz integral.

Quanto à preparação física, "o treino é intensivo, não com muita carga" seis vezes por semana e, nas últimas semanas, "trabalham-se todos os músculos num treino".

Questionado sobre a utilização de suplementos, Rafael Bouça contou que toma cápsulas de potássio, magnésio e cálcio.

Com um percurso semelhante e a competir na mesma categoria, José Santos começou a praticar culturismo por influência de um treinador.

O jovem natural de Penafiel (distrito do Porto) revelou que o principal é "ter uma boa alimentação" e não comer o que lhes apetece.

"Mesmo quando me oferecem um chocolate, por exemplo, não como. Penso que não vou estragar a preparação para uma prova por isso", assinalou José Santos.

E reforçou: "Podem comer uma francesinha à minha beira que eu como batata doce e frango".

Ainda assim, admitiu que quando sair da prova de hoje vai escapar à dieta, depois de meses a fio a segui-la: "Vou comer uma coisa qualquer, tem é de ser de 'plástico'".

O culturismo não é apenas para homens e Suellen Silva é prova disso.

A brasileira, que vive em Vilamoura (distrito de Faro), compete na categoria de 'bikini fitness' revelou que "a primeira coisa que se tem de ter é simpatia".

Segue-se o aspeto físico: "Não podemos ter um corpo muito musculado, tem de ser bonito de se ver na praia".

Para se preparar, o fundamental é a alimentação que "vale 80%", apontou a nutricionista de profissão.

Suellen Silva admitiu, contudo, que recorre a suplementos alimentares como aminoácidos e vitaminas.

"Com o culturismo temos um corte alimentar muito grande [de hidratos de carbono] e se não forem os suplementos podemos ter problemas no futuro", adiantou.

Nesta modalidade, o objetivo é desenvolver os músculos do corpo e reduzir para o mínimo possível a massa gorda.

Nas provas, são avaliadas as poses feitas pelos atletas que servem para mostrar o desenvolvimento dos músculos - de frente, dos lados - esquerdo e direito - e de costas.

O PortugalFit começou no sábado no Meo Arena, em Lisboa, com provas de 'fitness' e aulas de grupo abertas a todos e termina hoje.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.