A 17º edição do EDP Cool Jazz "está de volta". Foi com "emoção" que Karla Campos, CEO da Live Experiences e promotora do festival, disse estas palavras.

Ao longo de sete noites, distribuídas pelo mês de julho, a música (o jazz, mas também a soul e os ritmos brasileiros), regressa ao Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, com "um cartaz de luxo".

"Foram dois anos, é muito tempo. Poder estar aqui hoje e dizer que isto vai acontecer é uma emoção, até então não tínhamos condições de saúde pública para o fazer", lembra.

Chegar aqui não foi fácil, não apenas pelos desafios que a pandemia colocou ao setor da cultura, nomeadamente aos espetáculos de música ao vivo, mas também pelo cancelamento de alguns artistas. "Tivemos de ir buscar outros artistas, como o Paul Anka ou a Diana Krall", conta Karla Campos.

O cantor canadiano, "o grande destaque do cartaz pós-pandemia", virá a Portugal apresentar o espetáculo "Greatest Hits His Way", que deverá contar com muitos dos maiores êxitos da vasta carreira, entre eles canções como 'My Way', 'Put Your Head On My Shoulder' ou 'You Are My Destiny'.

Ao cartaz juntam-se ainda "sete talentos do jazz nacional" num segundo palco que "toca antes do principal". Aníbal Zola, Hugo Lobo e João Espadinha estão entre os “novos talentos" que vão atuar nas Cascais Jazz Sessions, foi hoje anunciado.

Jéssica Pina, que chegou a passar por esse palco noutras edições, é o novo nome confirmado no palco principal do festival. A trompetista irá atuar no dia 30 de julho, no mesmo dia do artista brasileiro Jorge Ben Jor.

"O EDP conta um pouco a minha história, sou a prova da oportunidade que o festival dá a novos nomes", conta a artista que começou com apresentações do seu trio nas Jazz Sessions, em 2017, e desde então tem sido presença assídua no evento. Agora é o momento de apresentar-se no grande palco do com o seu mais recente EP, intitulado "Vento Novo", algo que a deixa "muito feliz" mas também com "uma grande responsabilidade".

Entre as novidades desta edição está também uma nova zona no recinto totalmente dedicada ao público que "aprecia ver concertos em grupo", sejam eles de amigos ou de empresas. A nova zona de camarotes terá lugar na bancada coberta e contará com um serviço de bebidas.

Os bilhetes para o EDP Cool Jazz estão à venda nos locais habituais e variam entre os 25 e os 75 euros. Quem não tiver bilhete, poderá ficar-se pela "programação de final de tarde" das Cascais Lazy Sundays, um espaço com entrada livre, todos os domingos, nos Jardins da Casa das Histórias Paula Rego. Os nomes serão anunciados "em breve".

17ª edição EDP Cool Jazz (cartaz completo)

2 de julho
John Legend e Murta
Gileno Santana Trio - Miles Davis Legacy  (Cascais Jazz Sessions)

10 de julho
Paul Anka e Mimi Froes
Aníbal Zola (Cascais Jazz Sessions)

21 de julho
Yann Tiersen e Quinquis
Mateus Saldanha Trio (Cascais Jazz Sessions)

23 de julho
Miguel Araújo convida Rui Veloso e Tiago Nacarato
Diogo Alexandre (Cascais Jazz Sessions)

27 de julho
Diana Krall e Miramar
Hugo Lobo (Cascais Jazz Sessions)

28 de julho
Jordan Rakei e Moses Boyd
João Espadinha (Cascais Jazz Sessions)

30 de julho
Jorge Ben Jor e Jéssica Pica
Francisco Gomes Trio (Cascais Jazz Sessions)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.