O festival, que na edição passada recebeu mais de 30.000 espetadores, decorre de 22 a 24 de agosto, em Vilar de Mouros, no concelho de Caminha.

A edição de 2019 conta com a banda portuguesa Linda Martini, formada em 2003, que lançou este ano o seu mais recente álbum, sob nome próprio.

Marca também a estreia portuguesa dos Prophets of Rage, formados em 2016, com membros dos Rage Against the Machine, Public Enemy e Cypress Hill.

Os britânicos Skunk Anansie, liderados por Skin, regressam ao palco de Vilar de Mouros, depois da presença em 2000.

Os veteranos Fischer-Z, um dos nomes da New Wave, no Reino Unido, no final da década de 1970 - que já atuaram por diversas vezes em Portugal -, encerram o primeiro lote de nomes anunciado para Vilar de Mouros.

Além dos concertos, o festival conta com outras atrações, como espetáculos de rua.

O Vilar de Mouros, com raízes na década de 1960 e a primeira edição a remontar a 1971, com Elton John e Manfred Man, é patrocinado pela EDP, que dá nome ao festival.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.