O número 13 até pode ser considerado o número do azar para muitos supersticiosos. Afinal, a crença popular assim o ensina. Mas hoje, um grupo de trabalhadores da sede do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) discordará. Para eles, o 13 foi um número de sorte. Muita sorte, se considerarmos o prémio de 400 mil euros que vai ser distribuído pela dezena de funcionários que comprou um décimo do número 66.513.

Este foi o número do El Gordo de 2016, sendo o prémio de quatro milhões de euros por série e 400 mil euros por cada décimo.

Note-se que em 204 anos de existência desta lotaria de Natal, nunca havia sido sorteado um número que terminasse em 13. E também que o PSOE todos os anos compra uma cautela terminada em 4 - neste caso, o 91.674. Porém, uma dezena de funcionários da sede na rua Ferraz, em Madrid, decidiu comprar uma décima do 66.513. Foi contra a crença do partido e tomou a decisão de o fazer fora do bilhete deste. O resultado já levou a que o partido espanhol fizesse um comentário .

Mas a festa também se fez a poucos quilómetros de Granada, mais concretamente no município de Pinoes Puente, pelo Partido Comunista. De acordo com o El Mundo, o partido comprou as cautelas, correspondentes a 44 séries, que valeram o segundo prémio no valor de 56 milhões de euros aos seus 12 mil habitantes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.