A equipa do Coimbra Cartaz Cultural, uma agenda que funcionava na rede social ‘Facebook', decidiu acompanhar o crescimento do turismo na cidade e criou um mapa que propõe uma visita de dois dias em Coimbra, procurando também desfazer o mito de que este concelho se vê numas horas ou num dia, explicou uma das responsáveis, Paula Vale Marques.

No sábado, é apresentado na Casa da Esquina o mapa bilingue (português e inglês), bem como postais de espaços da cidade ilustrados por Ana Fróis, como a estufa do Jardim Botânico, "casinhas da baixa", a fachada do Chimico e o Portugal dos Pequenitos, disse à agência Lusa Paula Vale Marques, referindo que o projeto contou com uma campanha de recolha pública de fundos, na qual angariaram mais mil euros.

Para além dos produtos apresentados no sábado, as responsáveis, Paula Vale Marques e a ilustradora Ana Fróis, pretendem criar outros postais e outros mapas, que terão conteúdos mais específicos. Há a ideia de ser criado um mapa sobre os jardins de Coimbra, outro focado em edifícios de interesse ou ainda em torno dos escritores que passaram pela cidade ou sobre restaurantes e cafés.

"A nossa ideia é incentivar as pessoas a dormirem pelo menos uma noite em Coimbra", referiu Paula Vale Marques.

De acordo com a responsável, os mapas já estão disponíveis na loja ‘online' de Coimbra Cartaz Cultural (CCC) e, a partir de segunda-feira, estarão também à venda no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV). Posteriormente, a equipa vai reunir com lojas e outros espaços para colocar os seus materiais noutros locais.

O mapa agora feito propõe um começo de visita a Coimbra no jardim da Quinta das Lágrimas, na margem esquerda do Mondego, e, entre outros espaços, sugere uma passagem pelo Convento São Francisco, Portugal dos Pequenitos, a casa medieval da Baixa, a Igreja de Santa Cruz, a Universidade, o Botânico e o Museu Machado de Castro.

No mapa, estão também "algumas curiosidades dos locais e monumentos", uma espécie de "piscadela de olho", aclarou.

O lançamento dos mapas e postais também coincide com a consolidação da própria agenda cultural, um projeto que Paula Vale Marques iniciou em 2012 para os "amigos" e por "carolice" e que hoje tem 16 mil seguidores "orgânicos" na rede social Facebook.

Há cerca de três meses, a equipa do CCC optou por criar um ‘site’ onde agrega os eventos que se realizam em Coimbra, desde espetáculos nas maiores salas da cidade a pequenas exposições.

O objetivo para o futuro passa por melhorar o ‘site’ e torná-lo ainda mais fácil de utilizar, sublinhou.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.