Espinho celebra este fim de semana o Réveillon de Verão. Com música, uma bola gigante insuflável e “tempestades imaginárias de confetti”, a cidade no topo do distrito de Aveiro verá as ruas transformarem-se em palco.

O objetivo não é celebrar o início de um novo ano, mas tirar partido das temperaturas do verão para uma despedida "das férias, dos dias sem horários, dos mergulhos no mar”, explica a organização em comunicado.

Esta passagem de ano a meio do ano "marca o recomeço de um novo ciclo com energias renovadas”, escreve a mesma fonte.

MC Kekel e Blaya são os cabeças de cartaz desta iniciativa promovida pela câmara municipal de Espinho. Depois do sucesso do ano passado, o evento regressa com mais um dia de festa e uma programação reforçada.

Em 2018, milhares de pessoas vibraram com o espetáculo da brasileira Ludmilla. Agora, a organização acrescentou mais um dia ao evento e aposta em “mais concertos, mais palcos, e num maior envolvimento com os agentes locais da cidade na dinamização do ‘primeiro réveillon do ano do mundo’, que transformará as ruas da cidade em palcos inusitados de festa e de dança”.

A celebração da passagem de ano de verão arranca na sexta-feira com as atuações de alguns DJs e diversão em vários espaços e ruas da cidade. A partir das 22h, o aquecimento do evento é assegurado pelo DJ da Rádio Comercial Nuno Luz, no Palco Rádio Comercial, e pelo DJ Disca Riscos, no Palco Esplanada. Para além disso, vários espaços de diversão noturna e outros locais da cidade juntam-se à celebração.

Mas a festa não esquece a sustentabilidade. A instalação artística “La Gran Tempesta”, uma cúpula transparente cheia de ar, luzes, animação e confetti, vai permitir viver uma experiência sensorial semelhante à das bolas de cristal, com paisagens miniaturas, onde neva quando agitadas.

A ideia é, explica a organização, “eliminar os tradicionais confetti e papelinhos que são lançados à meia-noite, na rua ou em alguns concertos, circunscrevendo assim estes momentos de alegria a um espaço único, onde as pessoas se podem divertir numa ‘tempestade’ de confetti, e, ao mesmo tempo, reduzir o lixo nas ruas”.

As questões ambientais estão também por trás dos copos reutilizáveis que vão ser usados durante o evento, “minimizando desta forma o impacto da utilização de copos de plástico”.

A instalação abre na noite de “passagem de ano de verão”, dia 31 de agosto, às 21 horas, inaugurando, assim, as festividades. Às 22h segue-se a abertura da Piscina Solário Atlântico que acolhe uma festa revivalista – a Festa da Piscina, assinada por uma seleção musical onde não faltarão êxitos dos anos 80, 90 e 2000.

Pouco depois, às 22h45, MC Kekel sobe ao palco na Avenida Maia Brenha para distribuir “Amor de Verdade” e partilhar com o público “Eu Tô Zen”. Pouco antes da meia-noite, haverá a tradicional contagem decrescente e o aguardado fogo de artifício, que marca o início do ano depois das férias.

Às 00h15, Blaya junta-se à celebração no palco da Praia da Baía para um concerto que se espera “arrasador”, diz a organização. "Com uma energia contagiante, a cantora luso-brasileira autora do hit 'Faz Gostoso' convidará os presentes para uma noite cheia de ritmo, animação e dança", promete a organização.

A madrugada de setembro prolonga-se com sets dos DJs da Rádio Comercial, DJ Rob Willow e DJ João Dinis, no palco da Rádio Comercial, na Esplanada da Praia da Baía.

A festa tem entrada livre é organizada pela autarquia, que quer "dar as boas-vindas ao ano que começa depois das férias".

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.