A série chama-se Zukar, ou Sugar (Açúcar). Começou por ser uma colaboração entre Firas e o alemão Jan Heilig - os dois já tinham trabalhado juntos no premiado projecto Syria Inside. A ideia era fazer um teste, e avançarem depois para uma série de filmes que permitissem aos refugiados fazer ouvir a sua voz. O sucesso online foi imediato: uma semana depois de publicado o primeiro episódio, no início de janeiro de 2016, já tinham mais de um milhão de visualizações.

A ideia é simples: Firas, o estrangeiro, parte à descoberta do seu novo país, descrevendo as suas experiências e comentando o que lhe vai acontecendo com algum humor. O que move os alemães? Quem são eles, afinal? O objetivo é mostrar como a integração dos refugiados pode ser bem feita e correr bem. Estão planeados dez episódios - neste momento, já estão disponíveis nove no Youtube

Este foi o primeiro vídeo (para ver as legendas em português, clique no 'play', depois seleccione o ícone 'settings' (a roda dentada) e em 'subtitles' escolha a opção de língua portuguesa):

Tanto Firas como Jan consideram que o humor é a melhor forma de chegar às pessoas, mesmo quando os temas são sérios e difíceis. "As pessoas têm medos, e não é com argumentação que se consegue vencê-los, mas sim com emoções e promovendo o encontro. Além disso, é mesmo assim que nós somos, gostamos de rir-nos das coisas." Quanto à situação dos refugiados na Alemanha, Firas considera que há uma cultura de acolhimento muito mais forte do que aquela que aparece normalmente nos media. E o trabalho que faz com Jan pretende ir ao encontro dessa cultura e ser uma "cooperação criativa".

Firas diz que gostaria de voltar à Síria, mas a probabilidade de isso acontecer, mesmo a longo prazo, é igual a zero, até por questões burocráticas. Entretanto, em 2016 vai começar a estudar cinematografia num instituto alemão.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.