Adaptado de um romance de Honoré de Balzac, o filme esteve em competição em 2021 no festival de cinema de Veneza, e está atualmente em exibição em Portugal.

“Ilusões Perdidas” está indicado, por exemplo, para melhor filme, melhor realização e melhor elenco feminino e masculino, pelas interpretações de Jeanne Balibar, Cécile de France, Xavier Dolan, Vincent Lacoste, Salomé Dewaels e Benjamin Voisin.

O musical “Annette”, de Leos Carax, e o filme “A voz do amor”, de Valérie Lemercier, inspirado na vida da cantora Celine Dion, somam onze e dez nomeações, respetivamente.

A 47.ª edição dos César acontecerá a 25 de fevereiro, em Paris, culminando um processo de renovação interna na Academia Francesa de Cinema, atualmente presidida pela realizadora Danièle Thompson.

Em 2020, a direção da academia demitiu-se em bloco, semanas antes da cerimónia, entre críticas à gestão da instituição e uma controvérsia em relação ao realizador Roman Polanski.

Na altura, perto de 400 personalidades do cinema pediram uma “reforma completa” da academia, por causa de “mau funcionamento”, “opacidade das contas” e estatutos desatualizados.

Nesse ano, também esteve nomeado – e acabou por ser distinguido – o realizador Roman Polanski pelo filme “J’Accuse — O Oficial e o Espião”, num momento em que era acusado novamente de violação, o que motivou vários protestos.

SS/(AL) // MAG

Lusa/Fim

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.