O pódio da quarta edição do festival bienal realizado no Planetário de Espinho foi assim partilhado pelo filme “The man from the nine dimensions / O homem das nove dimensões”, realizado por Takashi Shimizu para o Centro de Ciência Miraikan, no Japão, e por “Hello, Earth / Olá, Terra”, dirigido por Paulina Majda e Maciej Mucha para o Centro de Ciência Copérnico, de Varsóvia.

Essas duas obras receberam ainda outros prémios: o filme de Takashi Shimizu, reconhecido como realizador da série de horror “Ju-on”, venceu também a categoria de Melhor Filme em 3D; já o filme da dupla polaca revela como a comunicação transformou o mundo ao longo dos séculos e foi premiado por ter a Melhor Banda Sonora do festival.

“Second World War / Segunda Guerra Mundial”, filme 3D dos holandeses Peter Geerts e Mathijs Brussaard ganhou, por sua vez, a categoria de Melhor Imersão, o que significa que foi o filme que melhor “imergiu” todos os sentidos do público ao rodeá-lo de ação em toda a tela disposta à sua volta.

Quanto à competição específica para curtas-metragens, o grande vencedor do IFF de 2017 foi “Nachtmahr / Pesadelo”, realizado por Elia Huneburg para a Universidade de Ciências Aplicadas de Potsdam, na Alemanha. O enredo envolve uma aranha e um gato numa luta pela manutenção da memória de um homem que dorme.

“Intensional Particle – Dome Installation / Partículas Intencionais – Instalação na Cúpula” deu o prémio de Melhor Imersão a Hiroaki Umeda, do Japão, e “Bio Inspire / Bio Inspiração” atribui o de Melhor Banda-Sonora a Yusuf Emre Kucur, da Turquia.

Na secção de curtas houve ainda outro vencedor: “Goodnight Sakanaction / Boa Noite Sakanaction”, o videoclip para a banda rock Sakanaction que, realizado por Hiroshi Takeyama em colaboração com o Planetário Konica Minolta, ganhou o Prémio do Público.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.