No episódio desta semana do podcast, a nossa atenção foi dedicada por inteiro à chegada da HBO Max, plataforma de streaming que veio substituir a HBO Portugal, a nosso mui nobre rectângulo à beira-mar plantado. Ora, feita a sinalização ao que se vai, mais se informa que decidimos falar um bocadinho sobre seis séries, que dividimos em dois grupos: três mais populares, que muitos aguardavam, e três que podem passar pelos pingos da chuva no meio de tanta coisa mas que são bem interessantes e que merecem a tua atenção.

Gostas do que estás a ler?

Então subscreve aqui a newsletter para receber a versão integral no teu email.

Todas as terças e sextas-feiras vais receber não só sugestões do que ler, ver e ouvir mas também as melhores histórias da cultura pop.

Segue o Acho Que Vais Gostar Disto no Instagram, no Twitter  e no TikTok.

No primeiro grupo, falámos de “Station Eleven” (baseada no bestseller de Emily St. John Mandel, uns vão considerar que é demasiado pachorrenta e morosa, outros dirão que é simplesmente do melhor que a TV tem para oferecer), “Our Flag Means Death” (uma comédia de piratas, produzida por Taika Waititi, que realiza o primeiro episódio) e “Peacemaker”, série escrita e realizada por James Gunn (“Guardiões da Galáxia”, “The Suicide Squad” - o bom), que além de ter um hilariante John Cena (em grande, grande plano!) como protagonista em modo super-herói, tem a melhor e absurdamente genial abertura de créditos de que há memória (passe o exagero).

No segundo, abrimos a cortina para desvendar "Made for Love" (em que uma mulher de trinta e poucos anos foge do casamento depois de descobrir que o marido bilionário lhe implantou no cérebro um chip que sincroniza as suas mentes), "The Sex Lives of College Girls" (seguimos quatro jovens universitárias com as hormonas em modo “Tomorrowland” após um fim de semana em Las Vegas) e “Dafne e as restantes” (produção espanhola que explora a vida de um grupo de amigos na casa dos trinta que se sentem frustados e miseráveis com tudo na vida: sexo, trabalho, rotina).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.