Lançado no ano passado pela editora brasileira SESI-SP, “Infâncias aqui e além mar” põe em diálogo a poesia do autor português José Jorge Letria com a do brasileiro José Santos, compostas com ilustrações de Cátia Vidinhas (Portugal) e Eloar Guazzelli (Brasil).

O livro foi considerado por aquela fundação como o melhor em língua portuguesa do panorama editorial brasileiro de 2017.

Criada em 1968, a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil do Brasil é uma organização de promoção da leitura e do livro para os mais novos e, desde 1999, atribui anualmente prémios de reconhecimento dos melhores livros publicados no Brasil.

Na 44.ª edição dos FNLIJ, a fundação distinguiu obras para a infância e juventude em várias categorias, como a de melhor livro informativo, melhor tradução ou livro de poesia.

A entrega dos prémios está marcada para 27 de junho, na abertura do 20.º Salão do Livro para Crianças e Jovens, organizado por aquela fundação.

Em anos anteriores, os prémios já distinguiram outros livros de autores portugueses como Afonso Cruz, José Samarago, Sophia de Mello Breyner Andresen e Ondjaki.

Em 2011, José Jorge Letria foi distinguido com aquele mesmo prémio com o livro de rimas “Avô, conta outra vez”, ilustrado por André Letria.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.