Após várias edições no centro da cidade, entre o Pavilhão Carlos Lopes, a Estufa Fria e o Capitólio, a ModaLisboa, durante a qual são apresentadas coleções de moda de marcas e ‘designers’ nacionais, muda-se para o Hub Criativo do Beato, mais especificamente para a Factory Lisbon, um “polo de ‘start-ups’, empreendedorismo e inovação”, que, “mesmo antes de abrir as portas a estes novos negócios”, recebe a semana da moda de Lisboa.

A 58.ª edição, que decorre até domingo sob o tema “Metaphysical”, será, de acordo com a organização, “um evento presencial com uma crescente componente digital — é meta, e é físico — em constante experimentação, que cruza as geografias da Moda, da Tecnologia, da Inovação e da Arte num caminho de encontro de práticas multidisciplinares onde se ensaiam novas possibilidades de permanência”.

Esta edição arranca às 16:00 de hoje com as “Fast Talks”, espaços de debate, que contarão com a participação de especialistas nas áreas da Inovação, do Digital, da Comunicação, do Negócio e da Sustentabilidade.

Também hoje, mas às 21:00, será apresentada a coleção de João Magalhães.

Na sexta, o dia começa com a apresentação das coleções dos participantes do Sangue Novo, concurso destinado a finalistas de cursos superiores de Design de Moda de escolas nacionais e internacionais e jovens ‘designers’ em início de carreira.

Os cinco finalistas — Filipe Cerejo, Ivan Hunga Garcia, Maria Clara, Maria Curado e Veehana -, selecionados na edição passada, em março, entre 10 participantes, vão competir por cinco prémios, um dos quais atribuídos pelo público, no valor de 1.500 euros.

Além do Prémio do Público, serão ainda atribuídos um prémio principal, em parceria com a escola italiana Polimoda, que consiste num mestrado em Design de Moda ou em Design de Coleção mais uma bolsa de 3.500 euros, um prémio em parceria com a Tintex Textiles, que se traduz numa residência de três semanas naquela empresa mais uma bolsa de dois mil euros, e um prémio em parceria com a Showpress, que inclui assessoria de imprensa e presença no ‘showroom’ daquela agência de comunicação.

Também na sexta-feira, são apresentadas as coleções de Duarte, Béhen e Kolovrat.

Para sábado estão agendados os desfiles de Cravo Studios, Inês Manuel Baptista, Filipe Augusto, Luís Buchinho, Buzina, Ricardo Andrez, Olga Noronha, Luís Carvalho e Hibu. No mesmo dia é ainda apresentada a coleção de Saskia Lenarts, mas ‘online’.

A 58.ª edição da ModaLisboa termina no domingo com Constança Entrudo, Nuno Gama, Carolina Machado, Carlos Gil, Gonçalo Peixoto, Valentim Quaresma e Dino Alves.

Além das apresentações de coleções, acessíveis apenas por convite, haverá uma programação de entrada livre, da qual fazem parte das “Fast Talks”.

Durante a 58.ª edição, a ModaLisboa “será a casa do Ego Selfie Hotel With Soundbath”, um módulo com performance, construído em parceria com o projeto transdisciplinar CABANAmad, “que aposta na fluidez entre Moda, Arquitetura e Design para gerar experiências imersivas e confrontacionais”.

Com curadoria de Antonio Lettieri, o Ego Selfie Hotel With Soundbath acolherá instalações de artistas plásticos e ‘designers’ de moda, como Atelier Contencioso, Allessandro Di Giampietro, Béhen, Lidjia Kolovrat e Marta Pombo.

Além disso, estarão também patentes várias exposições, e uma instalação artística de Olga Noronha.

Apesar de as iniciativas serem de entrada livre, o registo é obrigatório e pode ser feito no ‘site’ oficial da ModaLisboa.

A ModaLisboa, organizada pela Associação ModaLisboa em pareceria com a Câmara Municipal de Lisboa, comemorou trinta anos em abril do ano passado.

A primeira edição aconteceu em abril de 1991 no Teatro São Luiz. Nessa altura, 13 criadores apresentaram coleções para o inverno de 1991/92.

Ao longo destes 30 anos, o evento realizou-se mos mais variados espaços da capital, como o Mercado da Ribeira, o Pátio da Galé ou o Museu da Cidade, e chegou a realizar-se em Cascais e, no mesmo concelho, no Estoril.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.