"Murder Most Foul" é uma canção sobre o assassinato de John F. Kennedy, presidente dos EUA entre 1961 e 1963.

Com o lançamento, Bob Dylan também quebrou o silêncio e deixou ainda uma mensagem aos fãs. "Obrigado pelo vosso apoio e lealdade ao longo destes anos. Esta é uma canção inédita, que poderão achar interessante. Mantenham-se seguros e atentos e que Deus esteja convosco", escreveu no Twitter.

A canção está repleta de nomes e referências da cultura pop, incluindo os Beatles, Charlie Parker, Eagles, Stevie Nicks e o festival de Woodstock.

Esta é a primeira música inédita lançada por Bob Dylan desde "Tempest", título editado em 2012. Desde então lançou três álbuns de covers : "Shadows in the Night" (2015), "Fallen Angels" (2016) e "Triplicate" (2017)

"Murder Most Foul" é também primeira canção apresentada pelo artista desde que aceitou, de maneira relutante, o prémio Nobel de Literatura em 2016, sendo o primeiro compositor agraciado com a honraria.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.