Maria Mergulhão apresenta os seus novos trabalhos na Sociedade Nacional das belas Artes. Em "Oh Baby It’s Raining”, a artista procura questionar os sistemas dominantes da crença ao abordar tabus e mitos urbanos sobre sexualidade, género e identidade.

Baseando-se nas diversas referências históricas de protesto, Maria Mergulhão faz uso tinta spray, do grafitti e do texto com a intenção de, esteticamente, criar uma alusão ao manifesto.

"Oh Baby It’s Raining” é marcado "pelas cores vibrantes e urgentes e os pastéis brilhantes", "numa palete de cores pop e barbie, de confissões íntimas", pode ler-se no comunicado de imprensa.

Maria Mergulhão, viveu e estudou em Londres, onde "deu início ao um trabalho auto-reflexivo e confessional que, explorado através de variadas técnicas como a pintura, escultura, escrita e instalação, traduz a sua emancipação e compreensão de si mesma, no contexto da sociedade contemporânea".

A artista vê a arte como "um diário" e entre as narrativas dominantes do seu trabalho estão "a mente, a sexualidade, a política, a sociedade e a indústria, impulsionadas pela história pessoal da artista no que diz respeito ao seu corpo".

“Gosto que as pessoas se relacionem com as minhas experiências, através de histórias, do uso da cultura popular (letras de música) e da mobilização das emoções, e da ideia de tornar a intimidade pública. Uso o meu trabalho como uma rotina espiritual, onde confesso as minhas inquietações para as telas e para os poemas, como se me confessasse a um padre”, explica Maria Mergulhão. “Volto sempre ao famoso ditado feminista: ‘o pessoal é político’”, conclui.

Depois da participação na recente exposição “Do Outro Lado”, presente nas ruas de Lisboa durante o processo de pandemia, a par de fotógrafos nacionais e internacionais, e com anteriores exposições em Londres, Lisboa e Faro, Maria Mergulhão volta agora à sua cidade natal com este seu novo trabalho.

Pode ver a nova exposição de Maria Mergulhão, “Oh Baby It’s Raining”, na Sociedade Nacional de Belas Artes| Galeria de Arte Moderna, até 19 de fevereiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.