Se acompanhas o Acho Que Vais Gostar Disto há algum tempo, sabes que, por norma, uma série espanhola nunca me passa ao lado. Posso até ver só o primeiro episódio, ou posso acabar por fazer uma maratona sem pausas. O segundo caso foi o que me aconteceu há uns dias com "A Noite Mais Longa". A série traz de volta as dualidades bons vs maus e leis vs justiça, que tanto nos fizeram pensar em séries como "La Casa de Papel". Só que, desta vez, parece-me ser ainda mais difícil perceber de que lado está cada personagem.

Gostas do que estás a ler?

Então subscreve aqui a newsletter para receber a versão integral no teu email.

Todas as terças e sextas-feiras vais receber não só sugestões do que ler, ver e ouvir mas também as melhores histórias da cultura pop.

Segue o Acho Que Vais Gostar Disto no Instagram, no Twitter  e no TikTok.

O enredo passa-se todo na noite de 24 de dezembro, véspera de Natal, noite em que Simón Lago, o assassino mais procurado do momento, é apanhado e preso. O circo de operações obriga a que várias pessoas tenham de abandonar as suas festividades para garantir que tudo acontece com a máxima segurança, incluindo Hugo, o diretor da Monte Baruca, uma prisão psiquiátrica, que vai acolher o criminoso até à manhã seguinte.

Depois de todos chegarem ao estabelecimento, seguem-se vários acontecimentos misteriosos: um grupo de homens armados ameaça atacar a prisão, exigindo que Simón lhes fosse entregue; uma das filhas de Hugo é raptada sob a ameaça de que, para ela sobreviver, será necessário que o diretor garanta que nada de mal acontece ao assassino recém chegado; e os restantes presos mobilizam-se de forma a criar uma revolução e tomar o controlo da prisão.

Como podem imaginar, isto é a receita para que tudo corra mal e, ao longo dos episódios, vamos assistindo aos avanços de cada uma das frentes, à medida que também vamos descobrindo como é que todas estas histórias se interligam e quem são as pessoas que as protagonizam. A parte mais difícil é que vais dar por ti sem saber porque torcer, e até vais dar por ti a simpatizar com o assassino.

Não sei se é por apenas ter 6 episódios de menos uma hora e se ver relativamente bem de seguida, ou por ser realmente boa. Mas a verdade é que este thriller me deu cabo dos nervos, especialmente quando o último episódio chegou ao fim. O cliffhanger é tão, tão, tão bom, e eu acabei tão confusa que estou desde então em sofrimento por saber que tão cedo não vou ter respostas.

Felizmente, sei que nada disto é só da minha cabeça. "A Noite Mais Longa" está a fazer imenso sucesso. Por cá, está em terceiro lugar no top de séries mais vistas, e está bem posicionada em muitos outros países do mundo. Por isso, em suma, tudo indica que está à altura da fasquia de outras séries semelhantes, como "La Casa de Papel" e "Vis a Vis". 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.