Gas, Robih Beanini, Lawrence English, Laurie Spiegel, Beatriz Ferreyra e Sabre são as novas confirmações divulgadas hoje pela organização do Semibreve. Os nomes hoje conhecidos juntam-se a Deathprod, Valgeir Sigurðsson, Fis e Kyota.

O Semibreve é organizado pela AUAUFEIOMAU com o apoio da câmara municipal de Braga. Para além da divulgação de produção científica no campo das artes digitais e dos espetáculos de alguns dos mais relevantes artistas da área, o Semibreve é hoje um evento incontornável no panorama da música eletrónica.

Aos espetáculos junta-se o Edigma Semibreve Award, prémio que procura “premiar e estimular a criação artística digital”, diz a organização em comunicado, “dando especial atenção a projetos artísticos que recorram à interatividade, ao som e à imagem”. O prémio será atribuído pelo engageLab da Universidade do Minho e as candidaturas, no site do festival, estão abertas até 15 de julho.

A música eletrónica e digital mais experimental regressa a Braga nos dias 27, 28 e 29 de outubro. Os passes já se encontram à venda e custam 35 euros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.