O mesmo filme foi galardoado com o Prémio Revelação TAP – Melhor Realizador, de acordo com o palmarés anunciado do certame do produtor Paulo Branco dedicado ao cinema, cuja cerimónia de encerramento se realiza hoje, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

O Prémio Especial do Júri João Bénard da Costa foi atribuído a "Sand Storm", de Elite Zexer, e o Prémio NOS Melhor Filme - Escolha do Público, coube ao filme "Elle", de Paul Verhoeven.

O júri desta edição do Lisbon & Estoril Film Festival foi composto por Jerzy Skolimowski, Marthe Keller, Valentina Lodovini e André Saraiva.

Quanto ao Prémio para a Melhor Curta-Metragem, que distingue o trabalho dos alunos das Escolas de Cinema Internacionais, foi entregue a "The Sleeping Giant", de Laura Samani, do Centro Sperimentale de Cinematografia, em Itália.

Nesta categoria foi ainda atribuída uma menção honrosa a "Paul est lá", de Valentina Maurel, do Institut Superieur des Arts (INSAS), da Bélgica.

As curtas-metragens foram atribuídas por um júri composto por Daniel Rosenfeld, Lola Peploe e Stanislas Merhar.

No encerramento, hoje, após a entrega de prémios, será exibido em antestreia o filme "Nocturnal Animals", de Tom Ford.

Os realizadores Jim Jarmusch e Emir Kusturica, e o poeta Adonis estiveram entre mais de 60 convidados da 10.ª edição do LEFFEST, que começou a 04 de novembro.

Além das retrospetivas e homenagens a Jean-Luc Godard e Jerzy Skolimowski, o LEFFEST apresentou também retrospetivas de Emir Kusturika, Teresa Villaverde, Pascal Bonitzer, Agustin Díaz Yanes e Daniel Rosenfeld.

O realizador franco-suíço Jean-Luc Godard, considerado o mestre da Nouvelle Vague, foi homenageado com uma retrospetiva completa da sua obra - cerca de uma centena de filmes - e com um simpósio internacional.

Em paralelo à exibição cinematográfica - filmes em antestreia ou competição, retrospetivas e homenagens - o LEFFEST apresentou, como nas edições anteriores, iniciativas como exposições, conferências, leituras, apresentações de livros, e concertos.

Em competição na 10.ª edição do LEFFEST estiveram também os filmes "American Honey", de Andrea Arnold, "Bangkok Nites", de Katsuya Tomita, "Christine", de Antonio Campos, "Dogs", de Bogdan Mirica, "El Futuro Perfecto", de Nele Wohlatz, "Harmonium", de Kôji Fukada, "Big Big World", de Reha Erdem, "Little Men", de Ira Sachs, "Nocturama", de Bertrand Bonello, e "The Last of Us", de Ala Eddine Slim.

Foram 11 os espaços do certame: Cinema Medeia Monumental, Espaço Nimas, Casino Estoril, Centro Cultural de Belém, Centro Cultural de Cascais, Teatro Nacional D. Maria II, Teatro da Trindade, Casa das Histórias Paula Rego, Cinemateca, Cinema NOS Cascais Shopping e P31 - Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.