Num dos episódios de "Mulherzinhas", uma produção inspirada no livro de Louisa May Alcott, um veterano de guerra sul-coreano gaba-se da proporção de mortes entre as tropas do seu país — que lutaram junto dos norte-americanos - e as dos Viet Cong.

No diálogo, o ex-combatente diz: "Nas nossas melhores batalhas, a proporção de mortes das tropas coreanas foi de 20 para um. Isso significa 20 Viet Congue mortos por um soldado coreano falecido".

Mais de 320 mil sul-coreanos foram enviados para o Vietname entre 1964 e 1973 para ajudar as tropas norte-americanas. Durante muito tempo, foram acusados de ter cometido massacres em massa contra civis vietnamitas.

Numa carta enviada à Netflix, a Autoridade Vietnamita de Comunicação e Informação Digital indicou que a série viola uma lei do país contra a "distorção da história, a negação das conquistas da revolução, a ofensa à nação e aos heróis nacionais".

A Netflix não respondeu até o momento a um pedido de comentário enviado pela AFP.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.