O compositor, que tem sido presença regular em palcos nacionais há quase 20 anos, estará a 29 de setembro no Campo Pequeno, em Lisboa, e no dia seguinte no Coliseu do Porto.

As datas em Portugal fazem parte de uma digressão europeia com o álbum "All", editado em fevereiro e gravado na ilha de Ushant, na costa oeste de França, onde o músico vive.

Foi lá que Yann Tiersen converteu uma antiga discoteca num estúdio de música e centro cultural, batizado de The Eskal e inaugurado em fevereiro com a apresentação das composições novas.

"All" está marcado pela temática do ambiente, já presente no álbum anterior "EUSA", de 2016, e as composições estão impregnadas de sons gravados na natureza, na região da Bretanha e nos Estados Unidos, lê-se na página oficial de Yann Tiersen.

No álbum participam ainda os músicos Ólavur Jákupsson, Anna von Hausswolff, Emilie Tiersen e Denez.

Com formação clássica e experiência no rock, Yann Tiersen, 48 anos, tem uma dezena de álbuns autorais editados de 1995, entre os quais "Le Phare" (1998), "L'absente" (2001) e "Dust Lane" (2010), e seis álbuns de composições para cinema.

É dele a música original dos filmes "O fabuloso destino de Amélie Poulain" (2001), de Jean-Pierre Jeunet, e "Adeus, Lenine" (2003), de Wolfgang Becker.

Em paralelo à música, Yann Tiersen tem feito uma "vagarosa viagem à volta do mundo em bicicleta", tendo já feito percursos na Bretanha e na Noruega.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.