A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, está grávida. Este facto não seria particularmente extraordinário, não fosse Jacinda a primeira líder de um país ocidental a estar grávida durante o mandato.

O anúncio foi feito pela própria, esta sexta-feira, na rede social Facebook. A primeira-ministra neozelandesa publicou uma imagem onde se veem três anzóis, numa referência ao programa de televisão do marido, Clarke Gayford. Na legenda da publicação, a primeira-ministra mais jovem da história do país diz que o casal de vai juntar aos "muitos pais que usam dois chapéus". "Serei primeira-ministra E mãe", escreve a líder neozelandesa.

Também esta sexta-feira, acompanhada pelo marido, Ardern falou à imprensa, em Auckland. A criança deverá nascer em junho. Ardern diz que a gravidez foi "inesperada mas entusiasmante", tanto para ela como para o marido.

A primeira-ministra acrescenta que depois do parto deverá tirar uma licença de seis semanas, sendo substituída pelo vice-primeiro-ministro Winston Peters durante esse período.

"Não serei a primeira mulher que trabalha e tem um bebé", disse a líder neozelandesa. "Sei que estas são circunstâncias especiais, mas há muitas mulheres que já o fizeram antes de mim".

Ardern, de 37 anos, tomou posse em outubro de 2017. Será a segunda líder mundial a dar à luz durante o mandato - e a primeira do mundo ocidental. Nos anos 1990, a primeira-ministra do Paquistão Benazir Bhutto deu à luz uma menina, no que se diz ter sido a primeira vez que uma líder mundial foi mãe durante o cargo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.