“Os passos concretos da nossa adesão (…) serão acordados pelos Aliados da NATO durante os próximos dois dias, mas essa decisão é agora iminente”, disse o presidente da Finlândia, Sauli Niinistö, num comunicado.

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, anunciou hoje que a Turquia levantou o seu veto à adesão da Finlândia e da Suécia à Aliança Atlântica, após a assinatura de um memorando que “responde às preocupações” de Ancara.

Segundo o comunicado do Presidente da Finlândia, a reunião que teve hoje em Madrid com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, e com a primeira-ministra sueca, Magdalena Andersson, mediada por Stoltenberg, foi “exaustiva” e o resultado foi um memorando assinado pelos três países no qual Ancara confirma que “apoiará na Cimeira de Madrid esta semana o convite da Finlândia e da Suécia para se tornarem membros da NATO”.

“O nosso memorando conjunto sublinha o compromisso da Finlândia, da Suécia e de Turquia em alargar o seu total apoio contra ameaças à segurança uns dos outros. Tornarmo-nos Aliados da NATO irá reforçar ainda mais este compromisso”, lê-se no comunicado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.