"A iniciativa prevista para hoje com Rui Rio e Francisco Rodrigues dos Santos encontra-se adiada. A nova data será comunicada oportunamente", informou o PSD em comunicado enviado às redações.

Inicialmente, o partido tinha referido que a reunião se destina a “discutir a atual situação política, na sequência do chumbo do Orçamento do Estado”.

A reunião acontece quando ambos os partidos já desencadearam processos eleitorais internos, com as diretas no PSD marcadas para 04 de dezembro para escolher o presidente do partido, e no mesmo dia em que o Conselho Nacional do CDS-PP se vai reunir com caráter de urgência para decidir sobre a realização do 29.º Congresso do partido, agendado previamente para 27 e 28 de novembro.

O líder do CDS-PP já admitiu em entrevista ao Expresso não excluir uma coligação pré-eleitoral com o PSD e, no último comício da recente campanha autárquica, desejou que a partir das eleições locais os dois partidos possam “juntos ir embalados para derrotar o PS a nível nacional e dar uma governação de centro-direita”.

Rui Rio tem falado menos sobre o tema, mas em 16 de março, no dia da assinatura do acordo-quadro para as autárquicas entre os dois partidos, e questionado se o entendimento poderia ser replicado no futuro em legislativas, respondeu que “logo se verá, em função das circunstâncias e da conjuntura política”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.