"As operações estiveram encerradas durante 34 minutos e alguns voos foram divergidos para Faro e para o Porto", afirmou.

De acordo com um passageiro de um dos voos desviados para o Porto, o comandante comunicou aos passageiros que não ia aterrar em Lisboa "por se encontrarem na pista pessoas não-identificadas que obrigaram a suspender o movimento dos aviões".

Depois de abastecer e já no regresso a Lisboa, o comandante voltou a transmitir a mesma informação aos passageiros.

A ANA não confirma a informação dada pelo piloto e o Comando Metropolitano da Polícia de Segurança Pública disse à Lusa "não haver qualquer ocorrência digna de registo".

Escreve o Observador que fonte da PSP confirmou a detenção de quatro cidadãos de nacionalidade estrangeira “no perímetro da pista de aterragem”, e que “não há perigo nenhum, a situação está normalizada”.

Adianta o jornal Público que se tratou de uma tentativa de imigração ilegal. Os passageiros de um voo proveniente de Argel terão saído do avião e tentado fugir pela pista. Uma tentativa semelhante teve lugar na semana passada com cidadãos marroquinos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.