“Só um se encontra na Unidade de Cuidados Intensivos, estando os restantes em recuperação nas enfermarias”, explicou a mesma fonte.

Dos cinco feridos que ainda se encontram internados em Viseu, dois tinham sido transferidos do Hospital de S. João, no Porto, acrescentou.

O incêndio de 13 de janeiro provocou nesse dia oito mortos e 38 feridos, entre graves e ligeiros, mas o número de mortos entretanto aumentou.

A 29 de janeiro, um homem faleceu no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, elevando para onze o número de vítimas mortais.

No dia 17, tinha já morrido um ferido que estava internado no Hospital de São João, no Porto, e, no dia 27, registou-se a morte de um dos doentes que estava internado no Hospital da Prelada, na mesma cidade.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.