“A Airbnb apoiou hoje o apelo a que a proposta de modificação da Diretiva de Comércio Eletrónico (o ‘Digital Services Act’) inclua a criação de um regulador europeu, com o objetivo de que o futuro enquadramento regulatório sirva de um modo mais efetivo a todos os interessados, incluindo as cidades, os governos e as empresas”, revelou a plataforma digital de aluguer de alojamentos, na mesma nota.

Segundo a Airbnb, “um regulador único proporcionaria aos responsáveis políticos e às plataformas digitais a orientação necessária para apoiar o desenvolvimento de procedimentos regulatórios sólidos, que sejam efetivos para todos e que cumpram com as normas comunitárias”.

Com esta estratégia, defende o grupo, haveria também uma “abordagem estável, previsível e consistente ao enquadramento regulatório em toda a UE”, que poderia ajudar na mediação entre as partes, quando as leis não forem claras ou haja um desacordo sobre um tema.

“Nos últimos anos, os governos atualizaram as suas normas, e as plataformas como a Airbnb desenvolveram novas formas de se associarem aos governos. Mas essa jornada tem sido longa, por vezes confusa, e muitas vezes difícil”, indicou, citado no mesmo comunicado, Chris Lehane, vice-presidente sénior global de Políticas Públicas e Comunicação da Airbnb.

As cartas que a plataforma enviou a diversos responsáveis locais e comunitários incluem “as iniciativas que a empresa está a tomar sobre transparência, impostos, e confiança e segurança com o objetivo de ser um bom parceiro das cidades”, de acordo com a nota.

A Airbnb revela ainda que está a “trabalhar num acordo para disponibilizar dados e números - publicados de forma independente - sobre o impacto” do seu negócio nas cidades de toda a Europa.

Entre as medidas que a Airbnb está a promover, conta-se um trabalho em torno da simplificação de impostos, com vários acordos a entrar em vigor na Europa e um investimento adicional de 150 milhões de dólares (136 milhões de euros) em medidas de segurança e de aumento da confiança na plataforma.

Criada em 2008, na Califórnia, a plataforma está presente em 100 mil cidades no mundo, segundo os últimos dados, publicados no seu site. Tem escritórios em 34 cidades.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.