“A Aliança entende que, quem diz o que a ministra disse sobre os doentes que morreram e que estavam em lista de espera, e, noutro plano, quem fez o que a ministra da Saúde fez, ao promover uma sindicância de vingança à Ordem dos Enfermeiros, não tem quaisquer condições éticas, nem políticas para continuar a exercer o cargo”, refere o partido numa nota enviada à comunicação social.

Na terça-feira, num comunicado divulgado pelo gabinete de Marta Temido, é referido que a ministra determinou à Inspeção-Geral das Atividades em Saúde que realize uma sindicância à Ordem dos Enfermeiros (OE) “com o objetivo de indagar indícios de eventuais ilegalidades resultantes das intervenções públicas e declarações dos dirigentes” e “das atividades realizadas pela Ordem e correspetivas prioridades de atuação, e eventuais omissões de atuação delas decorrentes, em detrimento da efetiva prossecução dos fins e atribuições que lhe estão cometidos por lei”.

Outra das questões prende-se com “a gestão da OE no que respeita às suas contas”.

Já depois da divulgação da nota, a ministra da Saúde justificou a decisão de determinar uma sindicância à OE com “intervenções públicas e declarações dos dirigentes”, bem como atividades realizadas pela Ordem “e correspetivas prioridades de atuação”.

Na semana passada foi divulgado um relatório de um grupo técnico independente criado pelo Governo que conclui que a Administração Central do Sistema de Saúde “limpou” doentes das listas de espera para consultas, numa altura em que era presidida pela atual ministra.

Na nota divulgada pela Aliança no final da reunião da comissão executiva do partido é ainda reafirmada a preocupação em relação “ao gravíssimo atraso da Segurança Social na atribuição das reformas, colocando em causa a subsistência digna dos seus requerentes”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.