O grupo Altice, que comprou a PT Portugal há dois anos, anunciou hoje que chegou a acordo com a espanhola Prisa para a compra da Media Capital, dona da TVI, numa operação que avalia a empresa em 440 milhões de euros.

Em comunicado hoje divulgado, a Comissão de Trabalhadores (CT) da estação e rádio pública defende que, "a concretizar-se a compra da TVI pela Altice, tem de ser revisto o modelo de distribuição de TDT, cujo negócio significou uma transferência em massa de capital dos contribuintes portugueses para uma empresa que explorou um monopólio estatal, tornando o seu negócio mais lucrativo", "facto que ajuda a explicar por que é que o sinal de televisão digital terrestre é deficiente em zonas de fraca penetração de televisão por assinatura".

A rede da TDT é gerida pela Meo, da PT Portugal.

"Num país moderno e democrático, regido pela lei e pelas regras da concorrência, esta solução só pode passar pela nacionalização da rede de TDT e seu subsequente alargamento a todas as frequências de televisão e rádio públicas, incluindo as reivindicações da RTP Madeira e RTP Açores, bem como de privadas que queiram explorar a plataforma", afirma a CT.

A CT salienta ainda que "os contribuintes portugueses foram lesados quando os transmissores da RTP foram vendidos à PT por quase nada, foram lesados quando a TDT foi entregue à PT. Não nacionalizar a rede TDT significaria lesar os portugueses uma terceira vez".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.