Em declarações à Lusa, o capitão Hernâni Martins, das Relações Públicas do Comando Territorial de Bragança da GNR, disse que o engenho "do tipo granada não especificada" foi encontrado no descampado “ao acaso” por um popular, que informou a GNR.

Segundo a mesma fonte, tratava-se de um objeto explosivo “bastante antigo, bastante enferrujado” e “sem qualquer tipo de referência”.

O engenho foi “detonado em ambiente controlado pela equipa de Minas e Armadilhas de Vila Real” da GNR, acrescentou.

O capitão disse ainda que “foi informada” a Polícia Judiciária Militar para que possa “identificar a origem e o tipo” de engenho explosivo.

Em comunicado, a GNR refere que, “após o alerta dado por um popular, militares deslocaram-se a um descampado, onde confirmaram a localização de um possível

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.