A moção, intitulada “Pela instalação de terminais ATM em todas as freguesias”, foi aprovada “por larga maioria” no terceiro e último dia do congresso, que decorre no Altice Fórum Braga.

Com sete abstenções e sem votos contra, a moção, que tem como primeiro subscritor o presidente da Junta de Freguesia de Santo Amaro, em Sousel, no distrito de Portalegre, reivindica a instalação de ATM em todas as freguesias do país.

O documento insta a Caixa Geral de Depósitos a assumir a “sua função de banco estatal” e a suportar os custos inicias com a instalação daqueles terminais, bem como os custos mensais.

”Esta medida é de extrema importância tanto para a qualidade de vida das populações, bem como para a sua imperiosa segurança”, lê-se na moção, que prevê que sejam apuradas as freguesias que já dispõem de terminais ATM e que os investimentos feitos com a instalação sejam suportados pelo Estado “com retroativos”.

Na proposta, o autarca Nélio Painha destaca que, neste momento, várias populações “fazem dezenas de quilómetros sem transportes públicos e muitas vezes sem meios próprios para aceder a um banco ou mesmo a um terminal de multibanco”.

À votação dos congressistas foram submetidas 29 moções, algumas aproximam-se dos principais temas em debate no congresso, como a descentralização de competências, o estatuto dos eleitos locais, o financiamento das freguesias e a reorganização administrativa, enquanto outras se centram em problemas mais locais, como a falta de iluminação, poluição de rios e assimetrias tecnológicas.

A Anafre iniciou na sexta-feira, em Braga, o seu XVIII Congresso, na sequência das eleições autárquicas, onde cerca de mil autarcas discutiram temas como as novas competências, a reorganização administrativa e o acesso a fundos comunitários.

O congresso, sob o lema “Freguesias 20/30 Valorizar Portugal”, deverá ainda reeleger hoje como presidente da Anafre o socialista Jorge Veloso, que encabeça a lista de consenso que irá a aprovação dos congressistas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.