O concerto de Ariana Grande na Manchester Arena integra a "The Dangerous Woman Tour", que ia passar por Lisboa, no dia 11, no MEO Arena.

A cantora - que não ficou ferida, está bem, assim como a sua equipa - tinha em agenda mais dois concertos no Reino Unido, para além do efetuado esta segunda-feira, em Londres, nos dias 25 e 26 de maio, na O2 Arena.

Antes de chegar a Lisboa, Ariana tinha ainda espetáculos marcados em Antuérpia, na Bélgica; Lodz, na Polónia; Frankfurt, na Alemanha; Zurique, na Suíça; e, por fim, em Paris e Lyon, na França.

Em Portugal, Ariana Grande tinha inicialmente agendado um concerto para maio do ano passado, numa atuação que seria no Rock in Rio Lisboa, mas cancelou-o, alegando "motivos de doença".

A estreia ia acontecer então no próximo dia 11 de junho, no âmbito da digressão "The Dangerous Woman". De acordo com a promotora do concerto em Portugal, a "The Dangerous Woman Tour", contava com 18 datas por toda a Europa, incluindo paragens na Dinamarca, Holanda, Bélgica, França e Reino Unido, a maior até à data.

Na noite desta segunda-feira, "a polícia foi chamada na sequência de relatos de explosão na Manchester Arena. Até ao momento, estão confirmadas 22 vítimas mortais e cerca de 59 feridos. O incidente está atualmente a ser tratado como um ato terrorista, até que a polícia tenha novas informações", informou a polícia através do Twitter, pouco depois das 01:00 de 23 de maio.

Atriz e cantora, Ariana Grande chegou a ser apelidada de “mini Mariah Carey”, pelos dotes vocais e pela aproximação ao R&B, embora seja hoje uma cantora do universo pop.

A par do trabalho em séries televisivas, Ariana Grande editou três álbuns: “Yours truly” (2013), “My everything” (2014) e "Dangerous Woman" (2016).

Com o novo álbum, a cantora chegou ao número 1 do top, tanto no iTunes Overal Top Songs Chart como no Top Pop Songs Chart. O álbum também assegurou um lugar nos primeiros dez lugadores do Billboard Hot 100.

[Notícia atualizada às 10h18: Ariana suspende digressão pela Europa ]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.