O atropelamento mortal ocorreu na rua José Maria da Silva, Margonça, em Cucujães, e o alerta às autoridades foi dado às 07:37, precisou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Oliveira de Azeméis, Paulo Vitória, a vítima apresentava vários ferimentos na cabeça e encontrava-se em paragem cardiorrespiratória, tendo sido efetuadas manobras de reanimação, sem sucesso.

O óbito foi declarado no local pelo médico do Instituto Nacional de Emergência Médica.

Segundo Paulo Vitória, a vítima usava pulseira eletrónica por violência doméstica e morava numa rua paralela àquela onde ocorreu o atropelamento.

Fonte da GNR disse à Lusa que ainda não têm confirmação que possa ter sido um atropelamento.

“A vítima apresentava vários golpes na cabeça, motivo pelo que pode haver suspeita de homicídio ou ofensa à integridade física grave”, disse a mesma fonte, adiantando que o caso foi entregue à Polícia Judiciária.

As operações de socorro envolveram elementos e meios dos Bombeiros de Oliveira de Azeméis e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) da Feira, além da GNR.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.