“A segunda esquadra tem já problemas graves de insalubridade, que afeta todos os dias as condições de trabalho dos agentes”, disse à agência Lusa Inês Tafula, adiantando que também a esquadra da divisão de trânsito “não tem grandes condições.

A candidata “gostaria que a Câmara não esquecesse os polícias de segurança pública, porque eles são importantes no desenvolvimento de uma cidade”.

Segundo Inês Tafula, que reuniu com o comando da PSP de Coimbra, o município “tem o dever e obrigação de requalificar esses espaços” e de pressionar a administração central, que tutela aquela instituição.

“Dado que a segunda esquadra se situa na Baixa da cidade tem de ser a autarquia também a dar esse passo [de requalificação] e a fazer a ponte com o Governo”, salientou.

A cabeça de lista da Coligação Coimbra é Capital – PDR/MPT exigiu também ao município mais apoios para a Académica – Organismo Autónomo de Futebol, atualmente na II Liga de futebol, para que o clube da cidade tenha “outra projeção”.

Inês Tafula considera que a “Académica OAF, como clube histórico e instituição bastante importante a nível nacional, cujo lugar é a I Liga, merece mais apoio da autarquia”.

“Há alguns anos que o clube tenta que a autarquia ceda os terrenos circundantes à Academia Briosa XXI, nos campos do Bolão, para poder expandir a sua atividade formativa e acolher mais jovens atletas e isso ainda não aconteceu”, denunciou.

Para a candidata, “uma cidade que quer ser desenvolvida e ser uma marca a nível nacional tem de ter também um clube como a Académica na I Liga, com apoios municipais”.

“E isso tem faltado nos últimos tempos”, sublinhou.

Os candidatos à Câmara de Coimbra são o atual presidente do município, Manuel Machado (PS), José Manuel Silva (coligação Juntos Somos Coimbra – PSD/CDS-PP/Nós, Cidadãos!/PPM/Volt/RIR /Aliança), Francisco Queirós (CDU), Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra), Miguel Ângelo Marques (Chega), Filipe Reis (PAN), Inês Tafula (coligação Coimbra é Capital - PDR/MPT) e Tiago Meireles Ribeiro (Iniciativa Liberal).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.