O animal, com um peso a rondar os 250 quilogramas, foi avistado na confluência dos rios Pisuerga e Douro, na zona de Pesqueruela, em Valladolid, Espanha.

Os especialistas que analisaram uma pegada do réptil acreditam que se trata de um crocodilo do Nilo, uma "espécie muito agressiva", segundo o El País.

De acordo com o jornal espanhol, a operação começou depois de o animal ter sido avistado por três pessoas entre sexta-feira e sábado.

O réptil foi avistado pela primeira vez na sexta-feira por dois rapazes de 13 anos, que alertaram as autoridades, que posteriormente confirmaram a informação revelada pelos jovens.

Deu-se então o início da operação para capturar o animal, tendo sido já descobertos dois ninhos nesta zona da foz do rio Pisuerga, no Douro, local popular entre pescadores. No entanto, a polícia pediu apenas que estes saíssem da água sem lhes dizer o motivo, de forma a evitar o pânico.

A área onde decorrem as buscas está agora circunscrita e com armadilhas, estando elementos da Seprona e da Guardia Civil espanhola à procura do réptil. Segundo revela o El País, os biólogos não deixam ninguém aproximar-se da zona "porque o barulho pode assustar" o animal. As buscas estão a ser levadas "com prudência" para que o réptil não saia de um raio de cinco quilómetros — onde permanecerá se não for perturbado.

O jornal espanhol indica que investigações preliminares sugerem que o animal estaria sob a guarda de um morador da região, mas que este terá sido libertado devido ao seu tamanho.

As câmaras municipais de San Miguel del Pino, Tordesillas ou Villamarciel apelaram à população para evitar as zonas ribeirinhas até que o crocodilo seja capturado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.