Precipitação e trovoada são os motivos para o IPMA prolongar o aviso amarelo, que teve início na segunda-feira de manhã, abrangendo apenas as ilhas açorianas das Flores e do Corvo.

O aviso amarelo é o segundo de uma escala de quatro e revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.