“Gostaria de assegurar a sua majestade o rei Mohammed VI e ao povo do Reino de Marrocos que o grupo do Banco Africano de Desenvolvimento está pronto a contribuir com recursos e conhecimentos especializados para ajudar a reconstruir as infraestruturas afetadas nas comunidades”, refere o presidente do BAD, Akinwumi Adesina, numa declaração após o terramoto em Marrocos, cujo número de mortos ultrapassa os 2.100.

O responsável avança que as equipas do BAD estão no terreno e garante que o Banco Africano de Desenvolvimento “está pronto a prestar o apoio tão necessário”.

Akinwumi Adesina frisa que o Banco Africano de Desenvolvimento está a dar prioridade ao apoio à proteção das instalações de saúde e ao fornecimento de água potável a fim de evitar mais dificuldades.

“O terramoto que atingiu Marrocos na noite de sexta-feira, 08 de setembro de 2023, foi devastador. Com mais de duas mil pessoas mortas e centenas de feridos, trouxe muita tristeza e dificuldades indescritíveis a muitas famílias que perderam os seus entes queridos. A nação e o povo marroquino foram afetados por uma grande dor”, precisa o presidente do BAD, manifestando-se “chocado e profundamente angustiado com a pesada perda de vidas nesta tragédia”.

Na declaração, Akinwumi Adesina apresenta as “mais sinceras condolências” ao rei Mohammed VI, ao Governo do Reino de Marrocos e a todas as famílias que “choram a perda dos seus entes queridos”.

“As palavras dificilmente podem transmitir o nosso sentimento comum de pesar e perda”, refere ainda, desejando “uma rápida recuperação” aos feridos.

O mais recente balanço provisório do terramoto que atingiu Marrocos na sexta-feira à noite dava conta que subiu para 2.122 o número de mortos e para 2.421 o de feridos, segundo o Ministério do Interior marroquino.

O tremor de terra, cujo epicentro se registou na localidade de Ighil, 63 quilómetros a sudoeste da cidade de Marraquexe, foi sentido em Portugal e Espanha, tendo atingido uma magnitude de 7,0 na escala de Richter, segundo o Instituto Nacional de Geofísica de Marrocos.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) registou a magnitude do sismo em 6,8.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.