Em declarações aos jornalistas, depois de uma viagem de elétrico do Carmo até ao Museu do Carro Elétrico para assinalar a Semana Europeia da Mobilidade, Sérgio Aires considerou que 3,5 euros de bilhete passa a mensagem que “não é possível do ponto de vista quotidiano e normal fazer-se transportar” naquele meio de transporte.

“Estamos aqui demonstrar a importância do elétrico e da possibilidade de termos um meio de transporte não poluente, ainda por cima bonito e que a cidade muito preza, mas que está, claramente, entregue apenas e exclusivamente aos turistas”, afirmou.

Para Sérgio Aires, “3,5 euros [preço de uma viagem] é incomportável para qualquer pessoa da cidade”.

Por isso disse, o elétrico é “sobretudo é para inglês passear”.

“Com este preço, basicamente, a mensagem que se transmite é que não é possível do ponto de vista quotidiano e normal fazer-se transportar num elétrico neste preço”, considerou.

Aliás, salientou, “o preço dos transportes é seguramente uma coisa que afasta as pessoas do transporte público,” lembrando que o BE defende que os transportes públicos devem ser tendencialmente gratuitos “porque essa é uma maneira de favorecer outra mobilidade e alternativa”.

O candidato bloquista deixou ainda uma crítica em jeito de comentário para o presidente da câmara, e recandidato ao cargo, Rui Moreira: “Foi curioso que a câmara municipal do Porto resolveu, logo esta semana, e este ano, assinalar a Semana Europeia da Mobilidade, coisa que não fez nos últimos anos”, disse.

Os cabeças de lista para a Câmara Municipal do Porto nas eleições de domingo são Rui Moreira (movimento independente "Rui Moreira: Aqui há Porto" - apoiado por IL, CDS, Nós, Cidadãos!, MAIS), Tiago Barbosa Ribeiro (PS), Vladimiro Feliz (PSD), Ilda Figueiredo (CDU), Sérgio Aires (BE), Bebiana Cunha (PAN), António Fonseca (Chega), Diogo Araújo Dantas (PPM), André Eira (Volt Portugal), Bruno Rebelo (Ergue-te) e Diamantino Raposinho (Livre).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.