No Hospital de Braga, nasceram, no ano passado, 2960 bebés, mais 166 do que em 2015.

Segundo fonte daquele hospital, o número de nascimentos registado em 2016 “aproxima-se” do de 2011, ano em que dali “saíram” 2993 bebés.

A partir de 2012, o número de crianças nascidas na maternidade do Hospital de Braga “começou a decrescer substancialmente”, mas em 2014 começou a tendência começou a voltar a ser de crescimento, tendo nesse ano sido registados 2620 nascimentos.

No total dos dois últimos anos, o crescimento foi de cerca de 13 por cento.

Já no Hospital de Guimarães, o número de nascimentos, em 2016, ascendeu a 2154, contra os 2036 do ano anterior.

Uma subida que, sublinha o hospital, em comunicado, “é importante” para a região servida por aquela unidade, “pois representa a continuidade da tendência crescente do número de nascimentos verificada desde 2015, depois de vários anos a baixar”.

O hospital lembra que, em 2014, o número de recém-nascidos foi de 1990, tendo a tendência de descida sido invertida em 2015, com 2036 bebés.

Este ano, o “pontapé de saída” para a natalidade naqueles concelhos foi dado, no domingo, pela Leonor e pela Vitória, os primeiros bebés que este ano nasceram, respetivamente, no Hospital de Braga e no Hospital de Guimarães.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.