Parece uma notícia satírica, mas é mesmo verdade. O canal Sky News Brexit-Free vai hoje para o ar às 17:00 horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22:00, de segunda a sexta-feira.

Este canal "pop-up" foi criado depois de um estudo indicar que um terço dos britânicos tem tendido a evitar ver as notícias, sendo que 70% deles culpou a atenção dada ao processo interminável e caótico de deixar a União Europeia.

No entanto, o principal canal de notícias da Sky continuará a cobrir o Brexit, num momento em que Londres e Bruxelas negociam um acordo de divórcio antes da data prevista para a partida em 31 de outubro.

"O Sky News Brexit-Free é uma abordagem ousada, mas, depois de ouvir a opinião pública durante as últimas semanas e meses, é algo que sabemos que nossos telespectadores acharão de valor", disse John Ryley, diretor do Sky News.

"O novo canal simplesmente oferece às pessoas a opção de descansar do Brexit, aplicar um filtro às manchetes e ouvir questões que nada têm a ver com Westminster e Bruxelas", acrescentou.

Os britânicos decidiram em 2016 por referendo, com 52% dos votos, deixar a UE. Mas a repetida rejeição do Parlamento ao acordo de divórcio assinado em novembro pela então primeira-ministra Theresa May forçou o adiamento da partida - planeado em março de 2019 - e mergulhou o país na incerteza e em uma profunda crise política.

Inicialmente agendada para 29 de março, a saída do Reino Unido foi adiada para 31 de outubro, uma data que o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, assegura que irá respeitar, haja ou não acordo entre os 27 e Londres. Contudo, legislação recentemente aprovada estipula que o primeiro-ministro britânico seja obrigado a pedir uma extensão do processo do ‘Brexit’ por mais três meses, até 31 de janeiro, se não for alcançado um acordo até 19 de outubro nem autorizada uma saída sem acordo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.