O tweet "RIP @britneyspears” [descansa em paz Britney Spears] apareceu na conta oficial da Sony às 13h00 desta segunda-feira, acompanhado de um emoji triste. "Britney morreu num acidente! Iremos anunciar em breve”, podia ler-se na segunda publicação, escreve a AFP.

Os dois tweets foram entretanto apagados e produtora emitiu um comunicado informando que a sua conta foi “comprometida” e que as informações publicadas foram retificadas. “A Sony Music pede desculpas a Britney Spears e aos seus fãs pela confusão”, concluiu a empresa.

Entretanto, um jornalista da CNN confirmou, também através do Twitter, que tinha chegado à fala com o porta-voz da cantora e que esta se "estava viva e de boa saúde”.

Escreve a AFP que antes das dos tweets falsos serem apagados surgiu uma mensagem na conta oficial Bob Dylan onde era possível ler "Descansa em paz @britneyspears”. Esta publicação foi igualmente apagada.

Este caso remete ao grande ataque informático contra os estúdios da Sony em novembro de 2014. Um grupo de piratas informáticos invadiu o sistema da Sony Pictures Entertainment e teve acesso os dados pessoais de 47 mil funcionários e outras pessoas, incluindo celebridades. Os hackers exigiam ao estúdio que não divulgasse a comédia sobre o líder norte-coreano Kim Jong-Un, denominado "A entrevista".

A longa-metragem estreou, mas de forma muito limitada. Como consequência foram divulgados vários emails da Sony, provocando a saída da diretora da Sony Pictures, Amy Pascal, no início de 2015.

(Notícia atualizada às 09h20)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.