Em nota enviada à agência Lusa, o Núcleo Centro-Norte da Região de Coimbra do CNE sustenta que a vandalização do busto em pedra calcária ocorreu na madrugada de hoje, numa rotunda localizada na zona de Santa Clara.

“Os atos de manifestação não se realizam com vandalismo. Qualquer tipo de manifestação tem que ser ordeira, sob pena de perder toda a credibilidade”, refere o comunicado dos Corpo Nacional de Escutas, assinado pelo chefe de núcleo, Frederico Marques dos Santos.

“Uma sociedade civilizada não se coaduna com este tipo de práticas. Não vivemos numa anarquia. Não temos a capacidade nem o direito de ‘apagar’ o passado. Mas, somos todos responsáveis por ‘escrever’ o presente”, acrescenta o comunicado.

De acordo com informação publicada na página internet da Direção-Regional de Cultura do Centro, o busto de Robert Baden-Powell, fundador mundial do escutismo, foi inaugurado em julho de 2004 numa iniciativa da Câmara Municipal de Coimbra, Junta de freguesia de Santa Clara e Agrupamento 162 do CNE.

O monumento, em pedra calcária e de arte contemporânea, é da autoria do escultor Armando Martinez.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.