Fonte da CP – Comboios de Portugal disse hoje à agência Lusa que a venda dos bilhetes está a decorrer "normalmente e sem limitações" há umas horas e que a empresa continuará a acompanhar a evolução da situação, monitorizando as temperaturas no interior das carruagens.

No domingo, a CP explicou a sua opção de cancelar a venda de bilhetes para comboios de longo curso, “nomeadamente para aqueles que circulam em pontos que têm revelado maior impacto no aumento das temperaturas interiores", para gerir os níveis de ocupação e, "desta forma, minimizar o desconforto da viagem”.

A empresa notou que as temperaturas extremas sentidas em Portugal nos últimos dias estão a “afetar seriamente a operação ferroviária”.

As altas temperaturas provocam a “necessidade de intervenções continuadas” em vários pontos do país para “corrigir problemas de sinalização, quer ao nível dos comboios, cuja capacidade de refrigeração se encontra afetada”, afirmou a CP.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.