Esta autarquia vai adquirir 14 modelos de dinossauro à escala real pelo valor de 492 mil euros, segundo a proposta aprovada, a que a agência Lusa teve acesso.

O município tenciona instalar os dinossauros por diversas ruas do centro da sede do concelho, criando assim a Rota dos Dinossauros, até ao final deste ano.

Trata-se de “uma exposição permanente durante todo o ano, com o objetivo de captar visitantes para a vila e despertar o seu interesse para outros locais de visita no concelho, ao mesmo tempo que será um recurso impulsionador para a economia local”, refere a Câmara Municipal.

A Rota dos Dinossauros integra o projeto de requalificação urbana previsto para a vila, um investimento de 2,5 milhões de euros, financiados em 85% por fundos comunitários.

O projeto divide-se em várias empreitadas: a requalificação e valorização do Parque Verde da Cegonha, na margem norte do Rio Grande (600 mil euros) e a reabilitação de todo o eixo ribeirinho dentro da vila (300 mil euros), com ligação pedonal ao circuito de manutenção da margem norte.

O município vai também reabilitar os antigos Paços do Concelho, um investimento de meio milhão de euros destinado a albergar uma incubadora de empresas e o Gabinete de Apoio ao Empresário.

Vão também ser feitas obras no espaço público da zona envolvente à igreja do Castelo, nos ‘passos' religiosos existentes na vila associados à Semana Santa e à Quaresma (450 mil euros) e na Rua Adelino Amaro da Costa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.