“É fundamental para o futuro de Lisboa retermos e captarmos talento internacional”, afirmou hoje o vice-presidente da Câmara de Lisboa, Duarte Cordeiro, numa conferência de imprensa nos Paços do Concelho a propósito do ‘Study in Lisbon’ e na qual foram fornecidos dados sobre estudantes internacionais.

No âmbito do ‘Study in Lisbon’, a Câmara de Lisboa organizou uma ‘Semana de Boas-Vindas aos Estudantes Internacionais’, que irá decorrer entre segunda e sexta-feira da próxima semana e inclui “mais de 25 atividades gratuitas, dirigidas a estudantes estrangeiros, que são uma primeira abordagem à cidade que os acolhe”.

O programa inclui um passeio de barco, um passeio de bicicleta à beira-rio, atividades desportivas e uma receção nos Paços do Concelho, na qual os estudantes serão oficialmente recebidos pelo presidente da autarquia, Fernando Medina.

As inscrições são feitas online - em www.studyinlisbon.com/welcome - e pelo menos uma das atividades já está esgotada: o passeio de barco.

Segundo Duarte Cordeiro, a presença de estudantes estrangeiros em Lisboa poderá ajudar a enfrentar alguns desafios, como o desafio demográfico – “estes estudantes podem ser futuros lisboetas” – e a perda de quadros qualificados – “que temos de contrariar”.

“Lisboa quer afirmar-se como uma cidade aberta e tolerante, contrariando a tendência internacional”, disse o autarca, lembrando que isto mesmo tem sido defendido nos últimos tempos pelo presidente da Câmara.

Atualmente, cerca de metade (50%) dos estudantes estrangeiros em Lisboa são oriundos de países lusófonos, no ano letivo de 2004/2005 eram uma larga maioria (83%). Desde o ano letivo de 2011/12 tem havido um crescimento do número de estudantes vindos de países europeus, como Itália, Espanha e Alemanha.

Outro dado destacado na conferência de imprensa foi o facto de, desde o ano letivo de 2010/2011, o número de estudantes inscritos no ensino superior ter vindo a descer, mas o de estudantes estrangeiros ter vindo a aumentar.

Quanto ao alojamento para acolher estes, e outros estudantes, Duarte Cordeiro disse haver cerca de 70 residências universitárias licenciadas em Lisboa e que a Câmara “está disponível para licenciar mais projetos, que em parceria com o público quer com o privado”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.