Segundo uma nota de imprensa da autarquia, trata-se de "uma medida com o objetivo de desenvolver estratégias de estímulo à natalidade e à fixação da população, de modo a criar condições que favoreçam o bem-estar e a qualidade de vida dos munícipes, assim como uma medida de estímulo ao comércio local".

Aquele apoio prevê a atribuição de um valor de mil euros por criança, mas com a obrigação de metade desse valor ter de ser investido em bens adquiridos no concelho de Vizela.

A cerimónia de atribuição dos cheques está agendada para terça-feira, nos Paços do Concelho.

Prevê-se que o incentivo financeiro à natalidade possa representar um investimento anual de cerca de 200 mil euros por parte da autarquia, metade dos quais investidos indiretamente no comércio local.

"A autarquia acredita que esta medida é suscetível de ter um impacto positivo na melhoria da qualidade de vida das famílias e das crianças, ao mesmo tempo que se são criadas condições para a promoção da economia local", lê-se na nota de imprensa enviada à Lusa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.