A Norte, é a noite mais longa do ano, mas desta vez, por causa das restrições devido à pandemia da covid-19, aconteceu dentro de casa. Durante toda a noite do dia 23 para 24 foi possível ouvir foguetes no Porto, a festejar o São João, que hoje se assinala. O dia do santo é esta quarta-feira, mas a festa, como os outros Santos populares, celebra-se na véspera.

Foi isto que Rui Moreira, o independente que lidera a câmara do Porto, e Eduardo Vítor Rodrigues, socialista à frente da autarquia de Vila Nova de Gaia, vieram esta tarde informar a Direção-Geral da Saúde (DGS) de que "a noite de São João se comemora a 23 de junho, ontem", depois de a DGS divulgar esta manhã, nas redes sociais, recomendações para a noite de São João.

Numa nota conjunta, os autarcas destaca que a noite de São João "decorreu com um elevado nível de civismo e cumprimento rigoroso generalizado de todas as normas atendendo à situação que o país vive relativamente à pandemia".

"Graças ao elevado grau de responsabilidade individual, mas também às medidas tomadas pelas autarquias em coordenação com as forças de segurança, os portuenses e gaienses (mas de uma forma geral todos os munícipes dos 17 concelhos da Área Metropolitana do Porto) deram um extraordinário exemplo ao país, que os presidentes Rui Moreira e Eduardo Vítor Rodrigues sublinham nesta nota", pode ler-se.

A região Norte deixou hoje de ser aquela com maior número de infetados em Portugal, sendo ultrapassada pela de Lisboa e Vale do Tejo, onde o crescimento dos casos levou o Governo a aplicar na terça-feira medidas restritivas específicas para a Área Metropolitana de Lisboa, incidindo sobretudo nos concelhos de Lisboa, Sintra, Amadora, Odivelas e Loures.

Lisboa continua a ser o concelho com maior número de casos e está agora com um total de 3.191, mais 47 do que na terça-feira, enquanto Sintra está com um total de 2.370 casos, mais 45 do que na terça-feira. Loures tem 1.707 (mais 27 do que na terça-feira), a Amadora está com 1.511 (+32) e Odivelas com 1.017 (+32).

Dos cinco concelhos do Norte com mais casos acumulados apenas Vila Nova de Gaia registou alterações desde segunda-feira, para um total de 1.628 casos (mais 11 casos na terça-feira e mais seis hoje). O Porto, com 1.414 infeções, Matosinhos, com 1.292, Braga, com 1.256, e Gondomar, com 1.093, não registaram alterações.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.