A informação sobre a suspensão da campanha constava no site GoGetFunding que serve de suporte à campanha de crowdfunding e a campanha foi suspensa quando contava com 242 apoios no total de 4860 euros. Ao início da tarde, foi retomada, com um valor que ultrapassa agora os cinco mil euros.

Segundo o próprio António Rolo Duarte explicou ao 'Público', que a suspensão partiu da própria plataforma "da minha parte nada está suspenso”, disse esta manhã. Ao diário explicou que o travão surgiu devido a “preocupações do público”,ou seja, por denúncias.

“Quem paga um café a este miúdo?” foi o mote usado por António Rolo Duarte nesta campanha na internet em que pedia ajuda para pagar as propinas para o doutoramento a que se candidatou na Universidade de Cambridge, cujo prazo termina no final de agosto.

Com um site e um vídeo, pedia ajuda para reunir 25 mil euros, suficientes para lhe pagar o ano em Inglaterra. Segundo António, a necessidade desta ajuda surgiu devido à FCT, entidade portuguesa que financia a investigação científica, lhe ter pregado"uma partida", ao "adiar indefinidamente" a atribuição da bolsa que lhe sustentaria os estudos no Reino Unido.

O adiamento das bolsas foi desmentido pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia  que disse ao SAPO24 que "não existe nenhum adiamento para a atribuição das bolsas de doutoramento FCT do concurso de 2020. O único adiamento que ocorreu, e para benefício dos candidatos, foi a prorrogação do período de candidaturas em um mês, que terminou em 28 de abril de 2020, devido às dificuldades causadas pela pandemia SARS-CoV-2/COVID-19".

Durante o dia de ontem, a campanha foi tema de várias conversas nas redes sociais. Ao fim do dia, António Rolo Duarte disse num email que “há alguns mal-entendidos a circular”, afirmando estar a ser “acusado de criar uma campanha com base numa mentira”.

O SAPO24 está desde a manhã desta quinta-feira a tentar chegar à fala com o candidato a bolsa, o que não foi possível até ao momento.

Campanha de crowdfunding de António Rolo Duarte
créditos: DR

* Artigo atualizado às 14:11 com a reativação da campanha

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.