Com 260 votos a favor e 10 contra, a moção solicita que o Papa cumpra uma das recomendações de 2015 da Comissão da Verdade e da Reconciliação do Canadá.

Os deputados pedem "as desculpas papais oficiais pelo papel desempenhado pela Igreja católica canadiana no estabelecimento, as operações e os mal-tratos nos colégios internos".

O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeu, afirmou há um mês estar "muito dececionado" pela falta de resposta da Igreja.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.