As capelas Imaculada e Cheia de Graça, do Seminário de Nossa Senhora da Conceição, em Braga, venceram o prémio do público para edifício do ano ArchDaily na categoria de arquitetura religiosa. O anúncio foi feito terça-feira, 12, pela publicação digital especializada em arquitetura, aquando da divulgação dos resultados da votação eletrónica.

A distinção, atribuída após sucessivas fases de votação pelos leitores daquele que é considerado o “site” da especialidade mais consultado, dá à cidade e à arquidiocese de Braga o segundo prémio ArchDaily. O primeiro tinha sido a capela Árvore da Vida, distinguida em 2011, e assinada também pelo gabinete Cerejeira Fontes Arquitetos.

Para a mesma categoria também estava nomeado o presbitério e altar do recinto de oração do Santuário de Fátima.

Segundo a nota informativa (divulgada pelo Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura), a capela “ergue-se em madeira, desde a estrutura de suporte até aos planos que lhe conferem o espaço, e é composta por várias peças de madeira, encaixando-se, criando uma estrutura equilibrada que se manifesta como uma floresta à entrada do espaço sagrado”.

créditos: 7Margens

Os arquitetos assinalam que as capelas são envolvidas por uma abóboda em betão, com 12 cm de espessura e suportada uma estrutura em aço “quase impercetível”, e a sua copa cria uma espaço reservado dedicado aos “habitantes do Seminário, e os seus troncos um filtro entre o espaço profano e o espaço sagrado, permitindo ao visitante entregar-se ao espaço, entregar-se à dimensão dos sentidos.”

créditos: 7Margens

O conjunto arquitetónico cria, juntamente com os restantes elementos, um espaço de absoluto “silêncio inquieto” remetendo à introspeção, ao mesmo tempo que se destaca por uma “qualidade acústica superior” e “transportando o espectador para outra dimensão física e espiritual”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.

Um artigo do parceiro

7MARGENS é um jornal digital orientado por critérios jornalísticos profissionais e independentes de qualquer instituição, que privilegia informação sobre o fenómeno religioso, no sentido mais amplo do termo. Procura dar conta das diferentes buscas espirituais que marcam o nosso tempo, com os horizontes da paz, da justiça social, do conhecimento mútuo, da tolerância e da cooperação entre os mais diversos atores das nossas sociedades.